Relatos

Processo E2 Quântico em crianças

Pais e mães observam mudanças no comportamento de meninos e meninas após sessões com técnica quântica, que alia física quântica com florais.

Confira o tratamento com o pequeno Artur, 4 anos, que era uma criança insegura, com dificuldades em se alimentar e tinha dificuldades em ganhar peso.
A mãe, a pediatra A.L.C. procurava uma terapia alternativa na internet e encontrou o site do E2 Quântico.

Após o tratamento, as mudanças foram visíveis. O garoto mudou está mais feliz, mais forte e com menos medos.

“As mudanças foram maravilhosas e não só no meu filho, mas em toda a família. O tratamento atuou não só na parte psicológica, mas também na parte orgânica. Ele não crescia. Hoje até o semblante dele melhorou e passou ter mais apetite” - conta. 

Casos como de Artur têm sido muito comuns no consultório da terapeuta quântica Vivika Barone, que realiza um tratamento bastante efetivo, complementar às terapias tradicionais, com altos índices de relatos de sucesso pelos seus pacientes. Utilizando de ferramentas da Mesa Quântica, Vivika também faz uso de florais e aromaterapia durante o processo.

São vários os motivos que levam pais a procurarem atendimento das crianças na clínica: agitações, medos, dificuldades em se alimentar, desatenção, depressão. E a orientação da Vivika Barone é individualizada.

Já a professora V.C.G percebeu as mudanças no filho Julian, que era sempre muito reativo a tudo e muito negativo. Ela e o marido viviam em um ciclo de culpas e acusações por causa disso. Mesmo muito atentos, não entendiam o que estava por trás disso tudo. E conseguiram mudar esse padrão com a terapia quântica.

“Aos poucos, ele foi se revelando uma criança dócil, prestativa, mais consciente das próprias atitudes, mais carinhoso. Agora ele está seguro, saudável e feliz” - afirma.